9 melhores orquídeas azuis

9 melhores orquídeas azuis
Eddie Hart

Conheces o As melhores orquídeas azuis? Vamos dar uma vista de olhos a algumas variedades deslumbrantes!

Se gosta de flores exóticas, aqui estão algumas das As melhores orquídeas azuis que ficará espetacular na decoração da casa!

Quer saber os segredos por detrás da criação de uma flor de orquídea? Clique aqui

As orquídeas azuis são reais?

Se procura uma orquídea natural azul verdadeira, as escolhas são bastante limitadas. No entanto, existem muitas orquídeas artificiais disponíveis que são injectadas com um corante de qualidade alimentar para lhes dar uma tonalidade azul escura.

A orquídea Phalaenopsis branca é a planta de eleição quando se trata de tornar a orquídea azul. É injetado um corante na planta, o que faz com que esta adquira uma tonalidade azul viva.

No entanto, tenha em conta que só funciona uma vez e que o próximo conjunto de flores que a planta vai dar será de cor branca.

As folhas das orquídeas estão a ficar amarelas? Encontre a solução aqui

As melhores orquídeas azuis - Natural

1. orquídea Acacallis

flickr

Nome Botânico: Acacallis cyanea

Esta orquídea é originária da Colômbia, do Brasil, da Venezuela e do Peru. Todas as flores apresentam uma bonita tonalidade metálica, que se torna mais profunda com uma exposição luminosa mas indireta.

2) Vanda azul

micaelense

Nome Botânico: Vanda coerulea

Verdadeiramente a verdadeira orquídea azul, esta flor foi descoberta pelo explorador William Griffith em 1837.

Veja também: 15 Impressionantes plantas vermelhas de interior

Não deite fora as suas orquídeas mortas! Saiba porquê aqui

3. Orquídea Dama Azul

bungawarra

Nome Botânico: Thelymitra crinita

Se quiser a orquídea mais azul, então esta deve ser a sua escolha. A flor tem colunas pretas e amarelas no centro que combinam lindamente com as pétalas.

4. orquídea Bollea

o caso_wardiano

Nome Botânico: Bollea Coelestis

Nativa das regiões dos Andes sul-americanos, esta orquídea pode ser extremamente difícil de cultivar. Além disso, a sua tonalidade é mais púrpura do que azul e tem um aroma doce e almiscarado.

Veja também: 38 melhores tipos de abóbora

Eis os erros mais comuns que deve evitar no cultivo de orquídeas

5. orquídea estrela púrpura

esposa_do_orquidófilo

Nome Botânico: Violacea coerulea 'Purple Star' (estrela púrpura)

Não é exatamente azul, mas este tem uma combinação de tons azuis e roxos. A melhor parte é que se mantém compacto e é também fácil de cultivar!

Melhores Orquídeas Azuis - Tingidas

6. orquídea Phalaenopsis azul

É uma das melhores escolhas quando se trata de orquídeas azuis. A cor é geralmente obtida com a ajuda de um corante azul. A flor é bastante fácil de cuidar.

Veja as melhores ideias para plantar orquídeas aqui

7) O Phal Azul Real

As indústrias de floricultura criaram uma planta de orquídea azul profunda através de um processo de infusão especial. Esta variedade exibe uma tonalidade sensacional, tornando-a uma das favoritas dos entusiastas de plantas.

8. a Orquídea Mística Azul

vaso de prata

Esta espécie colorida apresenta uma tonalidade azul viva. A empresa que a desenvolveu utiliza uma fórmula de infusão secreta para tingir as pétalas.

Aqui estão as orquídeas mais deslumbrantes com uma bela folhagem

9. o Dendrobium azul

Esta variedade apresenta uma série de flores azuis pigmentadas e intensas, sendo uma das orquídeas azuis mais deslumbrantes que pode ter em sua casa.

Eis os melhores adubos caseiros para orquídeas

Como cultivar orquídeas azuis?

O cultivo de orquídeas azuis não é diferente do cultivo de orquídeas normais, embora haja algumas pequenas diferenças que devem ser tidas em conta.

1. meio de cultura

As orquídeas azuis crescem melhor em fibra de coco, raízes de feto secas, turfa, esfagno, pequenos pedaços de cortiça, casca de abeto, lã de rocha, perlite e rocha de lava.

Também se pode misturar todos os meios de cultura acima referidos em quantidades iguais para cultivar orquídeas azuis.

2. rega

As orquídeas azuis detestam a rega excessiva, por isso não as regue mais do que uma vez em cada 7-9 dias. Não regue a planta diariamente. O melhor é esperar até sentir que o meio de crescimento está a ficar um pouco seco antes de pegar no regador.

3. humidade

Estas plantas gostam de humidade entre 60-80%. Mantenha a planta em tabuleiros de água cheios de cascalho ou utilize um humidificador para obter os melhores resultados.

4) Fertilizantes

Pode utilizar qualquer uma das misturas 30-10-10, 10-10-10, ou 10-10-30 para alimentar as plantas uma vez em cada 5-6 semanas. Diluir o fertilizante a 1/2 da dosagem recomendada.




Eddie Hart
Eddie Hart
Jeremy Cruz é um horticultor apaixonado e um defensor dedicado da vida sustentável. Com um amor inato pelas plantas e uma profunda compreensão de suas diversas necessidades, Jeremy tornou-se um especialista na área de jardinagem em vasos, jardinagem interna e jardinagem vertical. Por meio de seu blog popular, ele se esforça para compartilhar seu conhecimento e inspirar outras pessoas a abraçar a beleza da natureza dentro dos limites de seus espaços urbanos.Nascido e criado em meio à selva de concreto, a paixão de Jeremy pela jardinagem floresceu ainda jovem, enquanto ele buscava consolo e tranquilidade ao cultivar um mini oásis na varanda de seu apartamento. Sua determinação em trazer o verde para as paisagens urbanas, mesmo onde o espaço é limitado, tornou-se a força motriz por trás de seu blog.A experiência de Jeremy em jardinagem de contêineres permite que ele explore técnicas inovadoras, como jardinagem vertical, permitindo que os indivíduos maximizem seu potencial de jardinagem em espaços limitados. Ele acredita que todos merecem a oportunidade de experimentar a alegria e os benefícios da jardinagem, independentemente de suas condições de vida.Além de escrever, Jeremy também é um consultor procurado, fornecendo orientação personalizada para indivíduos e empresas que buscam integrar o verde em suas casas, escritórios ou espaços públicos. Sua ênfase na sustentabilidade e nas escolhas ecologicamente conscientes o torna um recurso valioso na ecologizaçãocomunidade.Quando não está ocupado cuidando de seu exuberante jardim interno, Jeremy pode ser encontrado explorando viveiros locais, participando de conferências de horticultura ou compartilhando sua experiência por meio de workshops e seminários. Por meio de seu blog, Jeremy pretende inspirar e capacitar outras pessoas a transcender as restrições da vida urbana e criar espaços verdes vibrantes que promovam bem-estar, serenidade e uma profunda conexão com a natureza.